Tours de Fotografia de Aves em Portugal

Tagus Estuary

O turismo de observação de aves está a crescer em todo mundo e Portugal não é exceção. São cada vez mais os turistas que visitam o nosso país com o intuito de observar e fotografar aves e já existem várias empresas especializadas neste tipo de turismo. Se quiser fazer uma viagem deste tipo, as ofertas vão desde tours individuais, de grupo, clubes ou associações. Além disso, pode optar por viagens de um dia ou estadias mais longas em qualquer altura do ano. Vamos agora falar de quais os melhores locais para tirar as suas fotos:

– Estuário do Tejo. Este estuário é uma zona protegida e uma reserva natural com ma
is de 4000 hectares. Nesta zona, já foram registadas mais de 250 espécies de aves deTagus Estuarysde as aves aquáticas, as rapinas, os passeriformes e até aves estepárias. Pode visitar esta zona durante todo o ano e os pontos de maior interesse são: o porto das Hortas, o Samouco, a Barroca d’Alva, a ribeira das Enguias, entre outros. Aqui poderá encontrar espécies raras como a Garça-dos-recifes, o Flamingo-pequeno, o Pato-casarca, a Pardilheira, a Marrequinha-americana, entre muitos outras.

– Algarve. As duas zonas com mais interesse são a Ria Formosa e a zona de Castro Marim. A Ria Formosa é uma área protegida (com estatuto de Parque Natural) com uma área superior a 14000 hectares. Trata-se de uma zona privilegiada onde pode observar espécies raras como o Garçote ou o Camão. A zona de Castro Marim fica na zona do estuário do Guadiana e tem uma área com cerca de 2000 hectares. É a única área do país onde pode observar com regularidade a Gaivota de Audouin, a Gaivota-de-bico-fino e a Calhandrinha-das-marismas.

Além destas duas zonas, deverá ainda explorar a zona do estuário do Sado (onde precisará de sorte e paciência para capturar as colónias do golfinho-roaz) e outras regiões do Alentejo.