10 dicas sobre como começar um negócio ligado à fotografia

A fotografia é uma das business on the photographáreas de negócio que nos possibilita termos alguma flexibilidade de emprego. Podemos trabalhar por conta de outrem (como, por exemplo, para uma revista) ou podemos trabalhar por conta própria, de forma a conseguirmos gerir o trabalho que fazemos. A verdade é que a melhor maneira de ter sucesso nesta área é termos o nosso próprio negócio, devido ao controlo que temos sobre o trabalho que realizamos. Vamos aqui deixar agora 10 dicas de como começar o seu próprio negócio ligado à fotografia:

– conhecer bem a zona onde vai instalar o seu negócio. É importante conhecer os “concorrentes”: em que áreas trabalham, se têm sucesso,… É preciso saber de antemão se é um bom local para trabalhar ou se existe demasiada concorrência.

– montar um bom estúdio. É importante ter um espaço próprio onde possa trabalhar e se sinta confortável. Além disso, deve ser um sítio onde os seus clientes se sintam à vontade.

– apostar na formação. Existe sempre espaço para aprender, melhorar e inovar.

– especializar-se numa área. Ninguém consegue ser bom em tudo; portanto, se tiver uma área onde se destaca, deve explorá-la, pois as pessoas vão reconhecê-lo por isso.

– ter um bom portfólio. A primeira impressão é extremamente importante para um cliente, logo deve ter um portfólio cuidado que mostre todo o seu potencial.

– utilizar as redes sociais para dar a conhecer o seu trabalho. Hoje em dia, nada é mais importante que ter uma boa presença online. É o primeiro sítio onde as pessoas o irão procurar.

– fazer um estágio com um fotógrafo bem sucedido. Assim poderá ver em primeira mão o que é necessário para ter sucesso.

– investir em bom equipamento. Uma boa câmara e uma boa impressora são indispensáveis para prestar um bom serviço.

– ser sempre simpático e agradável com os seus clientes. Se o cliente ficar satisfeito com o seu serviço, irá recomendá-lo! Logo os seus clientes são os seus melhores cartões de visita.

– não desistir facilmente. Sabemos que o mercado da fotografia está saturado, mas um bom fotógrafo, se for trabalhador, consegue sempre encontrar o seu espaço.